Início / Scouting – O que é fazer scout em apostas desportivas?

Scouting – O que é fazer scout em apostas desportivas?

Se ainda não conheces o conceito, neste artigo vamos explicar-te exatamente o que é o Scout e como fazer Scout para apostas desportivas. Vamos a isso?

Tal como o nome indica, Scout é uma análise de desempenho e mais do que uma estratégia no mundo desportivo, o Scout é uma tarefa executada por pessoas com conhecimentos e habilidades desportivas.

O que é o Scouting, ou quem é o Scout?

O scout é alguém de carne e osso. É muito mais do que um simples conceito, trata-se de uma pessoa, com um elevado conhecimento sobre desporto, que acompanha os jogos ao vivo, sentado na bancada e a fazer o seu relatório pormenorizado acerca de tudo o que se está a passar ao longo da competição.

O scout influencia muito os mercados desportivos e é o motivo de muitas vezes as casas de apostas suspenderem os mercados durante os jogos. O scout assiste aos jogos ao vivo, funcionando como um contact center para as casas de apostas, pois indicam todas as ocorrências do jogo, influenciando também as odds.

São 90 minutos de muita concentração, nos quais o scout analisa tudo, mas mesmo tudo! Os ataques mais perigosos, as jogadas mais relevantes, os movimentos dos jogadores, a interpretação das ações da equipa de arbitragem e até possíveis fraudes ou manipulações de resultados.

O scout trabalha para casas de apostas ou empresas especializadas na recolha e comercialização dos dados obtidos através do scout desportivo.

Quais as vantagens de ser um Scout?

A maior das vantagens é estar ao vivo a assistir aos jogos, a viver todas as emoções e ainda conhecer personagens do mundo desportivo, como jogadores, treinadores e técnicos.

A possibilidade de assistir aos jogos ao vivo, permite adquirir mais e melhores conhecimentos, técnica e taticamente.

Por norma os scouts são bem remunerados e quanto mais precisas forem as suas análises e a sua experiência, melhor será a sua recompensa pelo trabalho executado.

O Scout em apostas desportivas

No que respeita às apostas desportivas, tal como já te indicámos neste artigo, o scout é contratado para acompanhar os jogos ao vivo e partilhar todas as ações que acontecem durante os mesmos. Isto no que respeita a faltas, cantos, golos, penalidades, expulsões e qualquer outra ação que seja considerada relevante para o desempenho de uma aposta.

Através de uma comunicação direta, estabelecida remotamente, o scout faz chegar informações preciosas às casas de apostas. Não tem de entender necessariamente de apostas desportivas, mas tem de ter o “feeling” para identificar, de forma rápida, situações que podem deixar a casa de apostas exposta a eventuais prejuízos.

A sua função para a casa de apostas é mesmo essa: Controlar! Ao acontecer algo imprevisto, muitas vezes os scouts acabam mesmo por suspender os mercados, ou alteram o valor das odds dos jogos. Estas ações interferem muito com o funcionamento dos mercados de apostas e são determinantes quer para as casas, quer para os próprios apostadores.

Muitos apostadores acabam também por contratar Scouts, para dessa forma terem mais informações acerca dos campeonatos nos quais apostam ou pretendem fazer apostas.

Apesar da evolução tecnológica, o papel dos Scouts continua a ser muito importante, porque estes conseguem ser mais precisos do que as diversas plataformas de streaming, devido ao delay das mesmas.

Scout em apostas – Como ser um Scout de sucesso?

Não existe uma fórmula mágica para se ter sucesso enquanto Scout. Digamos que se pretendes enveredar por esta profissão, tal como em quase tudo nesta vida, terás de ter empenho, dedicação e muito esforço.

O Scout, ou Olheiro, como é conhecido no bom português, tem de ser um apaixonado pelo desporto que observa. O importante não é perceber um pouco de todos os desportos, o que interessa é saber tudo sobre um desporto em específico e dedicar-se a ele de forma intensa.

O Scout faz muito mais do que observar e influenciar mercados e as suas odds, ele também é responsável pelo recrutamento de muitos jogadores e muitos scouts foram e são os responsáveis pela caça de novos talentos e alavancagem de muitos jogadores.

A capacidade de identificar qualidades num jogador e de o conseguir lançar e alcançar sucesso, é um trunfo para a carreira de um Scout, para que seja reconhecido do ponto de vista nacional e até internacional.

O Scout analisa, faz relatórios precisos, dá o seu parecer e tem de ser uma pessoa que transmita confiança pelo trabalho que desempenha. Essa confiança é determinante para ser avaliado como um bom Scout.

Um bom networking também é fundamental para ter sucesso nesta profissão, pois nesta área uma boa informação é poder. Uma boa rede de contactos, baseada em confiança, é uma poderosa ferramenta de sucesso.

Conclusão

O Scout desportivo é um conceito que pressupõe a análise minuciosa de jogos e de todas as ocorrências durante os eventos. O scout é feito por uma pessoa, é uma profissão. Os scouts são contratados por clubes de futebol, casas de apostas e até apostadores, que pretendem obter informação detalhada de eventos desportivos em tempo real.

O trabalho de um Scout influencia em muito o normal funcionamento dos mercados de apostas e as suas odds.

O Scout é um profissional reconhecido pela qualidade da performance do seu trabalho, é por norma bem remunerado pelos serviços que presta e a sua carreira avaliada do ponto de vista nacional e internacional.

Partilha o artigo!

Pronto para começares a ganhar dinheiro com apostas desportivas?

Começa a ganhar dinheiro com apostas desportivas online, a nossa equipa de apostadores vai-te ajudar a ter sucesso!

100% Gratuito e Seguro

Soraia Amorim

Deixe um comentário